Setor elétrico ganha mais uma plataforma de energia
ENbox está disponível gratuitamente para testes por um tempo determinado.

Os agentes do setor elétrico brasileiro ganharam mais uma ferramenta para realizar operações no mercado livre. A Startup ENbox, dos sócios Leandro Nunes e Pedro Villaça, é uma plataforma online de cotações e negociações de contratos de energia elétrica. Através da plataforma recém lançada, as empresas e os clientes poderão prover cotações, enviar propostas customizadas e efetuar o gerenciamento de negociações com mobilidade.

Segundo Nunes, a ENBox oferece ao mercado livre um novo ambiente de negócios, que conecta empresas através do compartilhamento de cotações de energia. Um diferencial da ENbox, diz Nunes, é que o participante pode customizar os produtos, diferente das plataformas Brix e BBCE, onde os produtos são padronizados. Outro diferencial é que o participante conhece os demais agentes que estão dentro da plataforma, seja vendedor, seja comprador.

"Desenvolvemos uma plataforma de cotação de energia muito diferente das plataformas atuais existentes. Nosso modelo de negócio não cobra nenhum percentual sobre as negociações efetuadas pela plataforma e nosso principal objetivo é tornar o mercado de energia mais dinâmico, livre e eficiente, aproximando os consumidores dos vendedores", declara. "A nossa meta é atingir o maior público possível e ajudar a concretizar negócios no setor elétrico".

A plataforma está disponível gratuitamente para testes por um tempo determinado. Após esse período, as empresas poderão optar por planos pagos ou manter acesso às funcionalidades essenciais da plataforma sem qualquer custo. As principais características da plataforma são: interação imediata com o mercado, controle e gerenciamento de processos, segurança da informação, redução de custos operacionais, processamento e análise de dados para tomada de decisão.

Segundo Nunes, o mercado livre brasileiro conta com mais de 3 mil agentes, onde aproximadamente 1.500 são consumidores. Somente no estado de São Paulo existem aproximadamente 10 mil consumidores elegíveis ao mercado livre que ainda não optaram pelo benefício de escolher seu próprio fornecedor de energia elétrica.

Artigo originalmente publicado em 23/12/2015 por Wagner Freire, da Agência CanalEnergia, de São Paulo. Notícia no conteúdo exclusivo em www.canalenergia.com.br.

ENBOX COTAÇÃO

Acesse gratuitamente e surpreenda-se com o que a tecnologia pode fazer pela sua empresa.